Missa em Santa Marta- Aquele dedo que indica

O compromisso de todos os cristãos é «ser testemunhas de Jesus», encher a vida «com aquele gesto» que foi típico de João Batista: «indicar Jesus». Uma «vocação» comum sobre a qual o Papa Francisco refletiu na homilia da missa celebrada em Santa Marta na sexta-feira, 16 de dezembro.

Ver homilia

​Missa em Santa Marta – Almas sentadas

«Para seguir Jesus é preciso saber arriscar», sem receio de «parecer ridículos» e sem ser «demasiado educados»; e nisto «as mulheres são mais capazes que os homens». O convite «a não ficar sentados na vida, parados a ver», foi relançado pelo Papa na missa celebrada na sexta-feira, 13 de janeiro, na capela da Casa Santa Marta.

Ver homilia

Papa: cristãos, abram a estrada para Jesus

O Papa Francisco voltou a falar de João Batista na homilia da missa celebrada na Casa Santa Marta, no Vaticano, na manhã desta sexta-feira (16/12), que contou com a presença de religiosos, bispos, sacerdotes e casais que comemoram 50 anos de vida consagrada ou matrimonial.

Ver homilia
arrow