Fiéis celebram Domingo de Ramos na Paróquia Cristo Rei

Era pontualmente 8 horas da manhã quando, em comunhão, as comunidades Santa Bakhita, Santa Maria Goretti e São Francisco Xavier se juntaram à comunidade matriz da Paróquia Cristo Rei na manhã deste domingo (9) para celebrarem o Domingo de Ramos – abertura da Semana Santa. Os fiéis, munidos de ramos, saíram às 7h de suas comunidades e se encontraram no caminho em direção à matriz, onde foi celebrada missa pelo pároco, padre Claudemir Andrade.

Neste Domingo de Ramos, um dos momentos mais importantes para nós católicos, a Igreja recorda a entrada de Jesus à cidade de Jerusalém, antes da Paixão, morte e ressureição de Cristo, o Filho de Deus.
Felizes e entoando cantos, crianças, adultos e idosos seguiram como nos dias de Jerusalém, onde o Cristo humilde era recebido pelas pessoas que estendiam seus ramos e elevavam suas mãos para Aquele que logo mais seria morto para nos garantir a certeza da salvação.

Ao aproximar-se do local onde as comunidades se encontrariam, ouvia-se de longe em alto e bom som os gritos da paroquiana dona Geralda, que com seu carisma, fé e força, convidava toda a comunidade a se juntar e proclamar Cristo.

Na procissão, seguida por uma multidão, famílias e amigos se reencontravam e juntos celebravam aquele momento em direção à matriz, onde padre Claudemir os acolheria e falava do significado e importância de todos estarem ali após cinco semanas de preparação.

“Jesus tem o poder de nos santificar. Experimentamos a vitória de Cristo sobre a morte. Muitos de vocês se encontraram pelo caminho, como na época da entrada de Cristo em Jerusalém”, disse padre Claudemir após o rito do anúncio da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, ressaltando a necessidade de nestes dias de Semana Santa nos dedicarmos a nos aprofundar em Cristo e refletirmos sobre este momento tão significativo para todos nós católicos.

Além de ser um dia de grande importância para nós católicos, no Brasil, neste domingo, é feita a coleta nacional da solidariedade, como gesto concreto da Campanha da fraternidade 2017, que este ano tem como tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e lema “Cultivar e guardar a Criação”.

Que Jesus, montado em seu jumentinho, a quem padre Claudemir definiu como um grande ato de humildade, possa ser recebido por cada fiel de nossa paróquia. “Hosana ao filho de Davi e bendito o que vem em nome do Senhor! ”
Acompanhe e viva a Semana Santa em família!

 

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

arrow