Warning: rtrim() expects parameter 1 to be string, object given in /home/storage/a/04/2d/paroquiacristorei3/public_html/wp-content/themes/wise-church/inc/additional-functions.php on line 545

Novenario_dia6

 

6º dia da novena

 

{loadposition 36}

            Em sua homilia, o Pe. Jorge disse à comunidade que o trabalho é um recurso para a família. Bento XVI, no encontro com as famílias, deste ano, usou o livro dos provérbios para dizer que “a mulher sábia edifica sua casa. A mulher é a imagem da sabedoria humana e divina.” Quando um casal decide constituir uma família, não se pode pensar em constitui-la sem preocupar-se com a grande responsabilidade que está prestes a assumir. O trabalho é um dom natura, é uma vocação, por isso aquela pessoa que não faz nada da vida é antinatural. Deus nos dá uma vocação profissional, que é um dom, não é só para o seu bem, é para servir. Temos que reconhecer os dons que Deus nos dá e coloca-los a serviço dos outros. Meus irmãos, não podeis priorizar o dinheiro. O trabalho tem que frutificar. Tens o dever de desempenhar muito bem o teu trabalho porque ele lhe foi dado por Deus. O trabalho proporciona o bem de todos da família e supre suas necessidades. Por isso, não pode visar somente o seu egoísmo, mas tem que, também, suprir as necessidades dos outros. Tens que reconhecer que tudo é dado por Deus e uma forma de demonstrar esse reconhecimento é devolvendo o dízimo. O trabalho permite que a família viva com dignidade. O trabalho, na família, tem que ser de comum acordo entre o esposo e a esposa, para não sobrecarregar nenhum dos dois. Quando os dois trabalham fora é necessário que os afazeres da casa sejam divididos entre os dois. Os dons que Deus dá são pessoais. Para cada vocação profissional, dons específicos. Se o Senhor te chama a ser professor, Ele lhe dará o dom de ensinar; se te chama a ser médico, lhe dará inteligência para que curses medicina; e assim por diante. O trabalho dignifica o homem. Agradeça a Deus pelo teu trabalho.

Transcrição: Letícia Alves

Voltar

Faça seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

arrow